home / notícias / Gastos assistenciais dos planos crescem mais de 50% em cinco anos

Gastos assistenciais dos planos crescem mais de 50% em cinco anos

No período, o valor investido subiu de R$ 131,9 bilhões para R$ 199,9 bilhões

Folha de S.Paulo - 15 de Setembro de 2022

Um levantamento feito pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) mostra que, entre 2016 e 2021, as despesas com serviços assistenciais na saúde privada passaram de R$ 131,9 bilhões para R$ 199,9 bilhões. O valor representa um aumento de 51,4% registrado no período.

De acordo com a pesquisa, as despesas foram puxadas pelo aumento no volume de terapias realizadas (75,9%) e de atendimentos ambulatoriais (95%), como consultas com fisioterapeutas, fonoaudiólogos e nutricionistas.

Intitulado 'Análise Especial do Mapa Assistencial da Saúde Suplementar no Brasil', o estudo também identificou que, entre 2016 e 2021, os procedimentos médico-hospitalares realizados na país por meio da saúde suplementar cresceram 14,8%. Eles envolvem consultas médicas, exames complementares e internações, por exemplo.