home / notícias / Análise “Cuidado: nem tudo é plano de saúde”

Análise “Cuidado: nem tudo é plano de saúde”

O Globo - 03 de Maio de 2021

Por Luciana Casemiro, jornalista do O Globo

Serviços de assinatura mensal que dão direito a descontos de até 80% em um número limitado de consultas e exames, cartões que garantem preços especiais em procedimentos médicos, atendimentos on-line, gestão de saúde.

Esses são apenas alguns dos serviços lançados no mercado brasileiro nos últimos tempos, usando a tecnologia e a análise de dados como aliados. Eles ampliam o leque de opções para uma clientela cada dia mais ávida por alternativas de acesso a serviços de saúde privados em tempos de pandemia.

O consumidor, no entanto, deve estar atento para não confundir esses serviços com planos de saúde. Nada de errado, mas são naturezas bastante diferentes.

Regulados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), os planos de saúde oferecem um pacote mais abrangente. Para início de conversa, precisam garantir a cobertura de um rol de procedimentos listados pela reguladora, que vão de exames laboratoriais a quimioterapia, de fisioterapia a cirurgias complexas. Tudo isso deve ser garantido ao consumidor em prazos máximos que, se descumpridos, podem levar a aplicação de multas.

Além disso, as operadoras devem obedecer regras em relação a carência, cancelamento e reajustes.

Os novos serviços da saúde suplementar podem ser uma alternativa para quem não tem recursos para pagar um plano ou até como complemento ao pacote ofertado pela operadora.

A preocupação de especialistas em defesa do consumidor, no entanto, é a 'venda de gato por lebre'. Ofertas enganosas que fazem o consumidor crer que está contratando um plano de saúde, quando não está. Quem se deparar com uma oferta dessas, aliás, deve denunciar ao Procon e à AN S, para que esses órgãos possam atuar.

De resto, viva a concorrência, que tem feito as operadoras de planos de saúde também pensarem fora da caixinha e investirem em inovação e até na aquisição de healthtechs. O que o consumidor espera ansioso é por serviços de qualidade, com preços acessíveis e que lhe ofereçam a proteção necessária.