home / notícias / NotreDame vê oportunidade "enorme" em verticalização

NotreDame vê oportunidade "enorme" em verticalização

"Podemos chegar a 75% em hospitalização", diz o presidente do grupo

Valor Econômico - 24 de Fevereiro de 2020

O presidente do grupo NotreDame Intermédica, Irlau Machado Filho, disse nesta sexta-feira ao Valor Online que a companhia não acredita ter mais um limite de 70% na verticalização e que ainda há muita oportunidade nesse processo.

“Podemos imaginar [um percentual] de 75% a 80% em consultas. Já estamos em 70% em hospitalização, podemos chegar a 75%. Já temos objetivos importantes, que com a construção de uma rede própria vai acontecendo”, disse o executivo.

Ele citou uma das iniciativas nesse sentido, que é a migração para produtos próprios na Green Line, comprada em 2019. “Antes a única que conseguia tirar vidas nossas era a GreenLine. Agora estamos oferecendo dentro da própria operação”, afirmou. Perguntado sobre a oferta de planos para pessoas com mais de 50 anos, lançada em setembro, Machado Filho disse que as vendas estão três meses mais avançadas que o planejamento inicial e que o objetivo para 2020 é ampliar a cobertura, que hoje está restrita às cidades de Sorocaba e Jundiaí, no Estado de São Paulo.

O executivo disse ter uma visão positiva para o primeiro trimestre e também para o ano de 2020. “Vejo uma redução no número de demissões nas empresas e um ambiente competitivo favorável”, disse o executivo, adicionando que o número de contratações tem avançado, mesmo que em um ritmo ainda não muito forte. Machado Filho disse não enxergar desaceleração no ritmo de crescimento orgânico da companhia para o ano, mas destacou também o papel das aquisições, afirmando que a lista de potenciais candidatos foi ampliada nos últimos tempos. Em 2019, a companhia fez seis operações.