Denise Bueno
Denise Bueno

Jornalista especializada na indústria de seguros brasileira e internacional

Alper registra receita líquida de R$ 49,6 milhões, alta de 61,2%, a maior trimestral em seis anos

Resultado reflete acordos operacionais feitos no primeiro trimestre do ano 13 de Maio de 2022

A Alper Consultoria em Seguros registrou o maior nível de receita num trimestre nos últimos seis anos. De janeiro a março deste ano, a receita líquida atingiu R$ 49,6 milhões, um incremento de 61,2% ante o mesmo período de 2021. Outro destaque foi o Ebitda ajustado com avanço de 86,4%, para R$ 10,76 milhões. 

O desempenho reflete a receita integral dos acordos operacionais realizados com a Cosan e a JDM no período. Além disso, a Alper passou a segregar receita em sete unidades, incluindo uma nova unidade de Agronegócio, que era até então contabilizada na unidade de Riscos Corporativos.

Entre as unidades de negócios, Benefício e Previdência apresentou crescimento de 18,1%, para R$ 25,1 milhões. A área é responsável por 51% da receita da companhia. O resultado reflete a entrada e retenção de clientes, o bom desempenho comercial nos segmentos corporate e PME, os resultados da Ferfi e Ô Benefits, bastante concentrado em benefícios, aumento da receita em razão da troca de planos empresariais, entre outros. 

A unidade de Riscos Corporativos, que representa 12% do total da receita, apresentou expansão de 63,9%, para R$ 6,1 milhões. Neste caso, o forte avanço foi puxado pela renovação de seguros corporativos com a Cosan. Os produtos de cyber e de responsabilidade civil foram muito demandados no período, em razão dos ataques e vazamentos de dados no país e no mundo. 

“A Alper alcançou mais um resultado expressivo no primeiro trimestre do ano, reforçando a sustentabilidade da nossa estratégia de crescimento. Sabemos que os desafios são grandes, mas seguimos firme no nosso objetivo de trazer sempre as melhores soluções para os nossos clientes e, para isso, vamos continuar investindo fortemente em tecnologia e inovação”, afirma o CEO da companhia, Marco Couto. 

O executivo ressalta que além do crescimento orgânico, a empresa segue com a estratégia de acelerar a expansão por meio de aquisições de corretoras que tragam sinergia de operações, além de oportunidades em novos ramos, produtos, praças e que reforcem a presença digital da empresa. Para se ter uma ideia, nos últimos três anos a Alper anunciou a aquisição de 11 corretoras, que representam cerca de R$ 90 milhões em receita anual.