home / notícias / SulAmérica aposta em atenção maior ao cliente e planos para pequenas empresas

SulAmérica aposta em atenção maior ao cliente e planos para pequenas empresas

Valor Econômico - 24 de Fevereiro de 2020

O Valor Online destaca que a estratégia batizada de “cuidado coordenado” e a nova família “Direto”, de planos de seguro saúde para empresas de pequeno porte, são as principais apostas da SulAmérica para crescimento nos próximos anos. Segundo o presidente da companhia, Gabriel Portella, durante teleconferência com analistas, “caminhamos para nos tornar uma empresa cada vez mais focada em saúde e odonto, além de vida, previdência e gestão de ativos”.

A participação de saúde e odonto nas receitas do grupo alcançou 77,5% em 2019, um crescimento de 1,4 ponto percentual em relação a 2018. Com a conclusão da transferência da operação de auto e ramos elementares para a Allianz, prevista para o terceiro trimestre deste ano, a principal área da seguradora vai responder por uma fatia superior a 82% das receitas.

No ano passado, a SulAmérica registrou receita operacional recorde de R$ 22,3 bilhões e um lucro líquido de R$ 1,2 bilhão, com alta de 30% ante 2018. De acordo com a vice-presidente de Saúde e Odonto, Raquel Giglio, o “cuidado coordenado” representa a convergência de todas as inovações nas quais a SulAmérica tem investido, como médico e psicólogo na tela, ou seja, a possibilidade de o beneficiário ter orientações de um profissional por vídeo, o médico em casa e outras iniciativas. “O ‘cuidado coordenado’ é o core de toda nossa estratégia”.

Segundo a executiva, a ideia do “cuidado coordenado” é aumentar a qualidade dos serviços e atendimentos. “Estamos cuidando melhor do nosso beneficiário, por exemplo, antecipando algum tipo de consulta que não estava mapeada”, afirmou.

A linha de planos “Direto” é outra aposta da companhia. “Com o ‘cuidado coordenado’ e a linha ‘Direto’ queremos ampliar nossa participação de mercado e, ao mesmo tempo, manter o foco na retenção do cliente”, pondera Raquel. A família de planos de saúde “Direto” passou desde esta semana a estar disponível a microempresas a partir de três vidas. Até então, o produto atendia pequenas e médias empresas a partir de 30 vidas. “Acabamos de formalizar a venda do produto ‘Direto’ por canais massificados pelas redes de atendimento e hospitais em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba”, apontou a vice-presidente de Saúde e Odonto.