home / notícias / Investimentos em previdência privada cresceram 3,7% de janeiro a maio

Investimentos em previdência privada cresceram 3,7% de janeiro a maio

As contribuições somaram R$ 45,7 bilhões, segundo dados da FenaPrevi

Valor Econômico - 17 de Julho de 2019

O Valor Invest informa que os investimentos em plano de previdência privada aberta (aqueles que permitem a adesão de qualquer pessoa) cresceram 3,7% no acumulado de janeiro a maio deste ano em relação ao ano passado. As contribuições somaram R$ 45,7 bilhões, segundo dados da FenaPrevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida). A captação líquida seguiu com saldo positivo de R$ 15,5 bilhões.

Segundo análise da FenaPrevi, os participantes dos planos estão 'se deslocando gradativamente para fundos multimercados em busca de maior rentabilidade'. Até maio deste ano, 11,6% dos recursos foram alocados nesta modalidade. O índice era de 10,2% em 2018; 8,1% em 2017; e 5,7% em 2016.

De janeiro a maio foram contabilizados 13,2 milhões de pessoas com planos de previdência, sendo 10,1 milhões de participantes com planos individuais e 3,1 milhões com planos coletivos (oferecidos em forma de benefícios aos colaboradores, e planos contratados por sindicatos e associações de classes para adesão de seus associados).

Na análise por tipo de contratação de planos, a modalidade individual respondeu por R$ 40,1 bilhões das novas contribuições, os planos para menores por R$ 740 milhões, e os planos coletivos registram R$ 4,8 bilhões em novas contribuições. Em relação às famílias de produtos, o VGBL recebeu R$ 41,6 bilhões e o PGBL, R$ 3,7 bilhões. Já nos planos tradicionais, as contribuições foram de R$ 300 milhões.