home / notícias / Especialistas propõem modelo para viabilizar Previdência Direta

Especialistas propõem modelo para viabilizar Previdência Direta

Plataforma seria gerida pelo Tesouro, mas sem intermediários

Valor Econômico - 14 de Maio de 2019

O Valor Econômico relata que os economistas Fabio Giambiagi e Felipe Vilhena lançam, para discussão, uma proposta da Previdência Direta, inspirada na experiência bem-sucedida do Tesouro Direto, programa do Tesouro Nacional para compra e venda de títulos públicos federais por pessoas físicas na internet.

Diferentemente do Tesouro Direto, em que a pessoa investe em um título público esperando uma rentabilidade em um determinado período, a Previdência Direta seria usada para acumular recursos em uma conta de investimento individual que garantiriam uma renda vitalícia durante a fase de aposentadoria sob o modelo de capitalização.

Simulações feitas pelos autores indicam que a Previdência Direta poderia assegurar um retorno mais atrativo na fase de aplicação dos recursos do que outras alternativas analisadas, caso das rendas geradas pelo INSS, por planos previdenciários do tipo PGBL e VGBL, fundos de pensão, investimentos realizados no Tesouro Direto, na poupança, em aplicações em imóveis e fundos de investimento de renda fixa tradicionais.

O 'pulo do gato' na Previdência Direta, dizem os autores, está no desenho que pensaram para a plataforma, que seria gerida pelo Tesouro, mas sem intermediários, como corretoras ou a bolsa de valores, e portanto, sem despesas administrativas para os participantes.