home / notícias / Seguros sob medida para atrair ricos

Seguros sob medida para atrair ricos

Valor Econômico - 18 de Abril de 2019

“Eu não tinha seguro. Esqueci de fazer”, lamenta o apresentador Otávio Mesquita, que contabiliza um prejuízo superior a R$ 700 mil com os estragos causados em sua residência no Morumbi, em São Paulo, invadida no mês de março pela água da chuva represada em um muro do vizinho, que cedeu, conta o Valor Econômico em caderno especial. 'Minha casa recebeu algo como um tsunami. Móveis, som, obras de arte, peças antigas, tapetes, papel de parede, quadros foram totalmente perdidos. Tinha seguro até 2010 mas acabei esquecendo de refazer. Um desastre! Me arrependi muito. Seguro de casa é barato e necessário. A gente nunca imagina o que pode acontecer conosco”.

A situação pela qual Mesquita passou é comum entre pessoas com elevado poder aquisitivo, que acreditam ter patrimônio suficiente para arcar com prejuízos. Mas esse cenário vem mudando. “As pessoas estão mais conscientes dos riscos e o mercado segurador brasileiro evoluiu nos últimos anos e hoje traz sofisticação para atender as necessidades dos clientes do private banking”, afirma Renato Folino, sócio e head de planejamento patrimonial da XP Private, que tem parcerias com Prudential, Mongeral Aegon, Omint e MetLife no segmento vida e com Zurich e Tokio Marine em seguros diversos digitais.