Caixa seleciona banco para vender ações do IRB em fundo antes do Carnaval


O Estado de S. Paulo - 05/02/2019

O Estadão destaca que a Caixa Econômica Federal está selecionando bancos para se desfazer das ações do IRB Brasil Re que detém por meio do Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc). O objetivo é emplacar a operação antes do feriado do Carnaval, em março. O Fgeduc detém 8,9% do capital do IRB em um total de 27.656.408 ações. Considerando o preço atual do papel, a operação poderia movimentar cerca de R$ 2,4 bilhões.

Além do IRB, a Caixa também iniciou processo formal na semana passada com o envio dos chamados RFPs (request for proposals, em inglês) para selecionar bancos para se desfazer de ações de outras companhias em fundos governamentais, incluindo Petrobrás, Vale e Banco do Brasil. Os desinvestimentos podem render R$ 10 bilhões. Somente na petroleira são cerca de R$ 8 bilhões. A ideia é ter poucos assessores como tem defendido o novo presidente do banco, Pedro Guimarães.

A exceção será o IRB. Isso porque, além da Caixa, os próprios sócios controladores são bancos (Bradesco, Banco do Brasil e Itaú Unibanco) e tendem a participar da operação.