Com a crise, saúde privada entrou em depressão

Saúde privada é muito impactado pelos problemas econômicos
Correio Braziliense - 11/10/2018

O Correio Braziliense traz entrevista com o presidente da Central Nacional Unimed, Alexandre Ruschi, na qual ele afirma que as empresas do setor são as mais impactadas pelo modelo de atenção atual.

“Um modelo oneroso e ineficiente para o país que inclui a remuneração dos médicos, dos hospitais, dos prestadores de serviços, dos laboratórios, entre outros”, diz.

Ruschi avalia ainda que o sistema de saúde privada é muito impactado pelos problemas econômicos que vêm atingindo o Brasil. “Com a crise, os serviços, a indústria, o sistema de saúde privada entraram em depressão, especialmente em função do desemprego que agora está em patamares muito elevados”.