Fusões em saúde têm maior alta em 20 anos


Valor Econômico - 09/03/2018

As fusões e aquisições entre hospitais e laboratórios de análises clínicas tiveram em 2017 o ano mais aquecido das últimas duas décadas, segundo a consultoria KPMG, publica o Valor Econômico. Desde 1997, foram 210 negócios no setor, dos quais 50 em 2017 e 31 em 2016 - períodos que concentraram mais fusões e aquisições. A liberação de capital estrangeiro no controle das empresas de assistência à saúde ajudou nesse aquecimento.

'Essa mudança abriu uma série de possibilidades para os estrangeiros atuarem em um setor que tem déficit em leitos. Existe oportunidade para consolidação em hospitais, laboratórios de diagnósticos e clínicas oncológicas e oftalmológicas', disse Luís Motta, sócio da área de fusões e aquisições da KPMG. 'As empresas brasileiras também estão se tornando mais competitivas.' é que se as ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) das operadoras de planos de saúde Hapvida e NotreDame Intermédica forem bem-sucedidas, as compras de hospitais e operadoras menores deverão se intensificar.

Viktor Andrade, sócio de transações corporativas da consultoria EY, afirmou que os hospitais passam por um processo de consolidação, que até estava mais lento do que o esperado.