Desigualdade de renda é entrave para o desenvolvimento do seguro

Pesquisa do IBGE mostra que o grupo de 1% mais rico da população brasileira ganha o equivalente a 36 vezes a renda da metade mais pobre.
CNseg - 07/12/2017

Em programa do Painel Econômico, da Rádio CNseg, presidente da Confederação aborda a questão.

Pesquisa do IBGE mostra que o grupo de 1% mais rico da população brasileira ganha o equivalente a 36 vezes a renda da metade mais pobre.
Para o presidente da CNseg, Marcio Coriolano, a pobreza é um entrave ao desenvolvimento. “Qualquer ramo de atividades precisa de um mercado consumidor forte, e com o setor de seguros não é diferente. É preciso diminuir a desigualdade de renda neste país para que as pessoas tenham acesso à proteção do seguro, como em outros lugares do mundo. ”

Clique para ouvir a entrevista na íntegra: http://radio.cnseg.org.br/radiocnseg/entrevistas/painel-economico-marcio-coriolano-fala-sobre-as-desigualdades-de-renda-no-brasil/

Clique para acessar a pesquisa do IBGE: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/2012-agencia-de-noticias/noticias/18377-desigualdade-de-renda-atinge-regioes-generos-cores-e-escolaridades.html