ANS suspende venda de 31 planos de saúde

Segundo a diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Karla Coelho, o Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, de onde parte a iniciativa das suspensões trimestrais, tem como objetivo garantir uma assistência mais qualificada aos beneficiários dos planos de saúde.
Catraca Livre - 06/12/2017

31 planos de saúde de 10 operadoras foram suspensos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

O órgão divulgou a lista dos planos que serão suspensos devido a reclamações relacionadas à cobertura assistencial na última quinta-feira, 30.

De acordo com a ANS, os 167 mil beneficiários dos planos suspensos serão protegidos com a medida e continuarão a ter assistência regular.

Segundo a diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Karla Coelho, o Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, de onde parte a iniciativa das suspensões trimestrais, tem como objetivo garantir uma assistência mais qualificada aos beneficiários dos planos de saúde.

A medida, que vai entrar em vigor a partir do dia 8 de dezembro, visa ser também um incentivo para que as empresas ofereçam aos seus clientes melhores serviços.

Confira os planos suspensos