6 piores erros que você não deve cometer na geração de leads online

Se você não sabe quem pretende atrair, possivelmente, não atrairá ninguém. Se pretende vender um seguro auto, por exemplo, precisa definir o seu público.
Segs - 17/11/2017

Para trabalhar com leads é fundamental saber como funciona todo esse sistema de marketing, quais são suas etapas e como torná-lo atrativo. Entretanto, na hora de chegar até o cliente, muitas empresas cometem erros que podem impactar nos resultados e fazer com que todos os esforços sejam perdidos.

Por isso, se a sua empresa quer ter resultados positivos com os leads online, veja quais são os erros que você não deve cometer.

Não definir o público
Se você não sabe quem pretende atrair, possivelmente, não atrairá ninguém. Se pretende vender um seguro auto, por exemplo, precisa definir o seu público. A única certeza que terá é que ele possui mais de 18 anos, mas e os demais dados?

Uma estratégia para definir melhor o seu público é oferecer conteúdo e estratégias que atraiam a atenção dele, trabalhando as personas com as iscas certas para atrair leads. Defina os perfis e, quando for trabalhar as estratégias, faça-as direcionada para as personas que criou.

Trabalhar os leads de forma igual
Mesmo tendo as suas personas criadas, cada uma pode estar em uma fase do funil de vendas. Enquanto alguns estão buscando conhecer sobre seguros, outros já estão prontos para comprar.

Coloque o seu lead no lugar certo do funil de vendas para fazer as abordagens corretas. Quem deseja um seguro, quer receber propostas com preços e coberturas e não apenas informações de como esse serviço funciona.

Não entrar em contato no momento certo
Inside Banner Mandaê
Se um lead já está no fundo do funil de vendas, ele está pronto para comprar. A sua equipe de vendas precisa aproveitar essa oportunidade e contatá-lo no momento certo.

Caso demore muito para fazer uma proposta ou para retornar com um informação, a possibilidade dele procurar outra empresa para lhe atender é grande. Então, esteja sempre atento ao lead e não perca nenhum momento.

Solicitar muitas informações do lead
Os formulários de cadastro usados na landing page precisam ser simples e intuitivos. Tudo bem que, quanto mais informações tiver do lead, melhor será a sua abordagem, mas esse não é o momento de conseguir isso.

Se pedir muitas informações, a pessoa deixará de preencher o formulário e as conversões serão baixas. Peça o mínimo de dados possíveis, mas que possibilitem saber quem é o seu público e como entrar em contato com ele.

Ter conteúdos pouco relevantes ou desatualizados
O marketing de conteúdo é uma excelente maneira de conseguir leads, porém, o conteúdo deve agregar informações para quem está lendo e solucionar os seus problemas. Os temas abordados devem ser muito bem pensados e não apenas mais uma enrolação para ranquear a sua página no Google. Escolha conteúdos relevantes e tenha o cuidado de trabalhar com informações recentes.

Não trabalhar o CTA
O seu Call To Action precisa levar a pessoa para algum lugar. Ela deve fazer a ação na qual você pensou. O CTA deve direcionar o usuário para sua landing page e assim geração de leads online eficaz e não ser apenas mais uma informação perdida no seu texto.

Guilherme da Luz
http://quinstreet.com.br/
Guilherme da Luz é especialista em Organic Search pela Quinstreet Brasil (Nasdaq: QNST). Com 15 anos de experiência de mercado, já trabalhou com algumas das maiores marcas que atuam online e offline, incluindo Google, Microsoft, Benetton, BBC, Avon, Heineken, Mars, Jaguar, Sotheby’s, entre outras. Tem contribuído na adaptação de campanhas publicitárias internacionais para o Brasil (Transcreation) além de estar sempre encontrando oportunidades para atrair, envolver e converter públicos-alvos através da Busca Orgânica. Seguroauto.org, Planodesaude.net e Emprestimo.org são alguns de seus trabalhos que se destacam no topo das pesquisas no Google em mercados extremamente competitivos.