Instituto Caixa Seguradora lança terceira edição do programa Embaixadores da Juventude

O programa terá como eixo central a Agenda 2030, plano de ação da ONU criado para colocar o mundo em um caminho mais sustentável e resiliente.
Segs - 11/10/2017

O Instituto Caixa Seguradora realizará nesta semana a terceira edição do programa Embaixadores da Juventude. A iniciativa, realizada em parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC), foi criada para capacitar jovens (entre 18 a 29 anos) brasileiros com potencial de liderança e de impacto social.

Realizada em Salvador-BA, de quarta-feira (11) a domingo (15), a edição recebe 25 jovens, selecionados entre mais de 700, com evidente papel de liderança e ativismo social em suas comunidades. O grupo é diverso, formado por pessoas de diferentes crenças religiosas, orientações sexuais, raízes de ativismo, formações acadêmicas e áreas profissionais. Além de jovens residentes em Salvador, o programa também terá participantes de outras regiões da Bahia e de Pernambuco e Paraíba.

O programa terá como eixo central a Agenda 2030, plano de ação da ONU criado para colocar o mundo em um caminho mais sustentável e resiliente. O jovem Daniel Saraiva, de 24 anos, participou da primeira edição do programa. Para ele, a experiência foi um marco em sua formação pessoal, profissional e social: “Agora entendo melhor os problemas sociais e como atuar para garantir o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida da população”, afirma.

Criado em 2016, o programa capacitou 50 jovens em duas edições realizadas em Brasília. Como desdobramento, vários deles foram convidados para fóruns e seminários nacionais e internacionais. Em agosto, a jovem Taya Queiroz, participante da primeira edição do programa, foi selecionada para representar a juventude brasileira em evento oficial das Nações Unidas sobre o Dia Internacional da Juventude, em Nova York.