home / notícias / Atitudes Seguras em Caso de Acidentes

Atitudes Seguras em Caso de Acidentes

Transitando Seguro

SindsegSP - 03 de Agosto de 2015

É possível evitar acidentes? Um condutor consciente que preza pela segurança sabe que em muitos casos sim.

Porém estamos sujeitos a cometer erros e a sofrer pelos erros de pessoas que nos rodeiam. Isso, somado ao grande número de veículos guiados por diversos tipos de motoristas dividindo a via, leva à ocorrência de acidentes. O que fazer nessas situações?

Caso se trate de uma colisão leve e sem vítimas, o primeiro passo é remover os veículos do local para desobstruir a pista. Procure resolver a questão da forma mais amigável possível, sem precisar acionar as autoridades (salvo em caso de crimes de trânsito, como suspeita de embriaguez ou condutor menor de 18 anos).

Anote o nome, o telefone e a placa do carro da outra pessoa e contate o seguro. Se achar necessário, faça um boletim de ocorrência pela internet mesmo.

Caso a culpa seja sua, assuma e proponha a melhor forma de acertar as contas. A dor de cabeça e o estresse em negar a responsabilidade serão muito maiores.

Já um acidente mais grave, com envolvimento de vítimas exige maior cuidado e atenção aos procedimentos.

O mais importante à princípio é sinalizar o local com triângulo de segurança e acionar o resgate, a polícia e, dependendo da situação, o corpo de bombeiros. Tenha esses números anotados sempre com você, e, caso esteja em uma rodovia concessionada, anote também telefone exposto em placas de quilometro em quilometro. Forneça o máximo de detalhes do acidente para os socorristas, como o número de vítimas, o estado delas e a quilometragem, caso esteja em uma rodovia, para que eles venham mais bem preparados. Não movimente as vítimas e nem dê nada para beber. Isso pode piorar as lesões, causar hemorragias e até levar à morte. O máximo que você pode fazer enquanto espera é conversar com as vítimas para mantê-las acordadas.

Caso você passe por um acidente e já houver socorro não reduza a velocidade para "dar uma espiadinha", dessa forma a normalidade do trânsito é mantida. Caso ainda não haja ninguém no local, pare e siga essas instruções.

Omissão de socorro é crime, e não é uma atitude cidadã.
Por fim lembre-se: faça o possível para evitar acidentes e se manter seguro no trânsito. Ofereça menos riscos para outras pessoas e para você mesmo. Até a próxima!

Telefones úteis:

  • Batalhão de Polícia de Trânsito: 190
  • Polícia Rodoviária Federal: 191
  • SAMU: 192
  • Corpo de Bombeiros: 193