home / notícias / Percepção de Risco ao Conduzir um Veículo Automotor

Percepção de Risco ao Conduzir um Veículo Automotor

Transitando Seguro

SindsegSP - 30 de Junho de 2015

Imagine-se conduzindo um veículo quando vê um ônibus parado em um ponto. O que você faria? Se respondeu que reduziria a velocidade, parabéns! Você provavelmente se mantém atento à via como um todo. No caso do ônibus estacionado, um pedestre desavisado poderia tentar atravessar a rua e provocar um acidente.

Isso é o que chamamos percepção de risco: a capacidade de deduzir e antever um perigo potencial antes mesmo que ele ocorra. No trânsito essa atitude é essencial, tanto para a sua segurança quanto para a segurança de todas as pessoas que dividem a via com você. Essa percepção só é possível quando o condutor está atento e concentrado no trânsito. É simples; bastam apenas alguns cuidados.

Em primeiro lugar, é preciso se manter informado. Conhecer as situações e as atitudes que podem colocar você ou outra pessoa em risco o tornará mais atento a todos os fatores do seu ambiente.

Um dos principais inimigos do trânsito seguro é o celular. O simples ato de discar um número ou digitar uma mensagem faz com que você desvie o olhar da via durante até 5 segundos o que, a uma velocidade de 60 km/h significa percorrer 83 metros sem prestar atenção em absolutamente nada. Um engano comum é crer que falar ao celular por viva-voz não desvia atenção. Não é verdade: o simples ato de falar e esperar por resposta é capaz de desviar sua concentração em até 40%. Portanto, caso precise utilizar o celular, estacione o carro em local seguro.

O consumo de bebidas alcoólicas já é um vilão conhecido por ocasionar incontáveis acidentes. Mesmo em baixas quantidades, o uso de substâncias psicoativas altera a percepção do indivíduo sobre o ambiente.

O cansaço e o sono podem ter o mesmo efeito. Evite dirigir por longos períodos de tempo ininterruptamente: faça pausas a cada duas horas. Desça do carro, lave o rosto, tome um pouco de café. Essas são formas rápidas de dispersar o cansaço. Dormir de 6 a 8 horas por dia também colabora para manter sua concentração. 

Cuidado ao observar lugares externos! Essa distração é responsável por aproximadamente 7% das colisões traseiras.

Agindo dessa forma, você estará dirigindo de forma mais segura e consciente, melhor para você e para todos. Boa viagem!