Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Participação das Securitárias nos EUA

Comentários Econômicos - 21/03/2014

No final do ano passado, a Funenseg desenvolveu estudo detalhado sobre a mulher no mercado brasileiro de seguros.

Ver...

http://ratingdeseguros.com.br/pdfs/ESTUDOS_MULHERES_27_TOTAL.pdf

Uma das conclusões foi medir a presença das securitárias. Atualmente, as mulheres representam 57% de toda a mão de obra desse segmento no Brasil. Como ilustração, esse número pode ser também comparado com os dados desse mercado nos EUA. No gráfico abaixo, as participações femininas nesse país em diversas ocupações relacionadas a esse setor.

O que vemos é que, no caso das seguradoras americanas, o número obtido é um pouco maior do que aqui (64% contra 57%). Esse valor é também maior do que o obtido quando do cálculo da participação feminina na força total de trabalho daquele país (47%, conforme gráfico).

Ver outros artigos de Comentários Econômicos