Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Seguro no Brasil deve crescer 12% em 2014

Comentários Econômicos - 10/02/2014

Uma estimativa econômica envolve a definição de algumas hipóteses de comportamento.

Nesse sentido, abaixo, critérios usados para a avaliação da receita do setor de seguros no ano de 2014.

Hipóteses Usadas:

  • Variações reais do PIB de 2,3% (2013) e 1,9% (2014), com taxas de taxas de inflação de 6,5% (2013) e 6,0% (2014). Com isso, as variações nominais do PIB foram estimadas em 8,9% (2013) e 8,0% (2014), moeda corrente.
  • Estimativas das receitas de seguros de 2013 extrapoladas linearmente a partir dos dados do setor até novembro desse ano. Em todos os anos, foi considerada a receita bruta do seguro DPVAT. Além disso, o valor de VGBL+Previdência em 2013 foi ajustado em dezembro pelo acréscimo usual na receita desses negócios nesse mês.
  • Participação de Seguros + Saúde no PIB, de 2013 para 2014, estimada de 2,21% para 2,3%. Participação de VGBL + Previdência no PIB, de 2013 para 2014, estimada de 1,56% para 1,6%. Consideramos que essas são as variações médias nos últimos anos.

Abaixo, os valores de receita de 2008 a 2013.

R$ bilhões

2008

2009

2010

2011

2012

2013e

Seguros+Saúde

55,6

61,7

70,2

81,8

93,4

106,2

VGBL+Previdência

31,5

38,3

45,7

53,5

70,2

74,9

Total do Mercado de Seguros

87,1

100,0

115,9

135,3

163,6

181,1

Var. % nominal

14%

15%

16%

17%

21%

11%

PIB (R$ bi)

3.032

3.239

3.770

4.143

4.403

4.795

% no PIB

2008

2009

2010

2011

2012

2013e

Seguros+Saúde

1,83%

1,90%

1,86%

1,97%

2,12%

2,21%

VGBL+ Previdência

1,04%

1,18%

1,21%

1,29%

1,59%

1,56%

Total do Mercado de Seguros

2,87%

3,09%

3,07%

3,27%

3,72%

3,78%

A partir daí, definimos a estimativa de receita para 2014.

R$ bilhões

2014e

Var % no ano

% PIB

Seguros+Saúde

119

12%

2,3%

VGBL+Previdência

83

11%

1,6%

Total do Mercado de Seguros

202

12%

3,9%

Ao final, temos os seguintes resultados estimados para 2014:

  • No total, haverá uma taxa de crescimento médio nominal de prêmios de 12%, em relação ao ano anterior.
  • O faturamento total do setor foi estimado em R$ 202 bilhões, sendo R$ 119 bilhões em Seguros+Saúde e R$ 83 bilhões em VGBL+Previdência.
  • No total, a participação do setor no PIB será de 3,9%.

Ver outros artigos de Comentários Econômicos