Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Seguradoras européias investindo no Brasil

Comentários Econômicos - 11/10/2013

Para conhecimento e para pensar...

A AM Best - principal classificadora de riscos do mundo na área de seguros - acaba de divulgar o estudo "European Insurers Seek Growth and Efficiency Gains in Emerging Markets".

Ver...

http://www.bestweek.com/europe/promo/EuropeInsurersEmergeMkts.pdf

O trabalho comenta sobre o interesse crescente das seguradoras européias em investir nos países emergentes, falando inclusive das estratégias de cada empresa. Essa ação se justificaria pelas maiores margens de rentabilidade desses novos mercados, estagnação nos seus países de origem, etc.

Particularmente, as citações sobre o mercado de seguros no Brasil são bem otimistas. Por exemplo, destaca o potencial da economia, um seguro de vida em ascensão pelo fortalecimento da classe média, população jovem, muitos recursos naturais e, por fim, um segmento teoricamente menos competitivo e com menores obstáculos na regulação, quando comparado relativamente aos outros países do BRIC.

Abaixo, tabela com os dados dos mercados seguradores de diversos países emergentes.

Ver outros artigos de Comentários Econômicos