Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Roubos em Estradas no Brasil

Comentários Econômicos - 27/05/2013

A empresa FreightWatch é uma das líderes mundiais em serviços de segurança de logística e monitoramento de cargas, mitigando os riscos associados com roubo, deterioração, falsificação, etc. No final de abril, ela divulgou o relatório "Latin America Theft Report, Brazil & Argentina, First Quarter 2013", analisando os roubos nas estradas dos dois principais países da América do Sul no 1º trimestre de 2013.

Ver...

http://www.freightwatchintl.com/system/files/security-reports/LATAMQ1.2013.pdf

Algumas conclusões sobre o Brasil:

  • 83% do total aconteceram na região sudeste.
  • 37% dos roubos se referem a comidas e bebidas, vindo a seguir o segmento de eletrônicos (28%).
  • No Estado de São Paulo, nos dois primeiros meses de 2013, ocorreram 1.154 roubos nas estradas, 3% a menos do que no mesmo período do ano passado.
  • Segundo o estudo, duas novas tendências de golpes foram detectadas. Primeiro, seqüestro de membros da família do motorista, no caso de não haver colaboração com o roubo. Segundo, outros condutores dando falso alarme ao motorista do caminhão sobre algum problema (por exemplo, a carga está caindo, luz traseira com defeito, etc), acontecendo o crime no caso da parada do veículo.

Abaixo, a distribuição geográfica do roubo de cargas no país.

Ver outros artigos de Comentários Econômicos