Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Gastos de TI em Seguradoras

Comentários Econômicos - 28/04/2017

Prezados Senhores, 
 
Um estudo interessante na área de TI em Seguradoras é o feito anualmente pela empresa 
de consultoria Celent, em texto denominado “IT Spending in Insurance: A Global Perspective, 
2017”. 
  
Ver... celent.com/reports/it-spending-insurance-global-perspective-2017 
  
Dependendo da origem da empresa, as prioridades de investimentos são distintas. Os 
mercados dos países em desenvolvimento permanecem focados em aquisição de novas 
plataformas e tecnologia em apoio à distribuição de vendas. Já em mercados mais desenvolvidos 
se caracterizam por agendas de transformação e modernização digitais. Atualmente, o gasto anual 
nessa área foi estimado em quase US$ 200 bilhões. No topo, a distribuição geográfica desse 
número.  
 
Cordialmente, 
  
Francisco Galiza. 
www.ratingdeseguros.com.br 
twitter.com/ratingdeseguros 

Ver outros artigos de Comentários Econômicos