Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Catástrofes e Seca no Brasil em 2014

Comentários Econômicos - 15/01/2015

Nessa época, começam a surgir trabalhos que consolidam os números mundiais do ano anterior. Por exemplo, abaixo, estudo ("NAT CATS 2014: What's going on with the weather?") da Munich Re sobre as catástrofes em 2014.

http://www.iii.org/sites/default/files/docs/pdf/munichre-010715.pdf

De um modo geral, o ano passado foi favorável nesse aspecto, com um prejuízo total de US$ 110 bilhões, contra uma média histórica de US$ 190 bilhões. As fatalidades também foram bem menores - quase 8 mil em 2014, contra 21 mil em 2013.

O Brasil, porém, é destaque em uma das transparências. A seca, sobretudo na região sudeste, teria causado até agora um prejuízo de US$ 5 bilhões. E, como esse assunto ainda não foi resolvido, existe naturalmente o risco de esse número aumentar.

Ver outros artigos de Comentários Econômicos