Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Salários na Indústria de Seguros nos EUA

Comentários Econômicos - 03/07/2014

Em junho, a publicação Property Casualty 360º divulgou uma reportagem analisando os salários médios de 2013 dos profissionais da indústria de seguros nos EUA, a partir das estatísticas oficiais do Ministério do Trabalho daquele país. Ao todo, os valores de 820 profissões são mensurados.
 
Ver...
         http://www.propertycasualty360.com/2014/06/24/do-you-know-what-the-average-insurance-agent-makes?t=commercial-business#.U6r1lQC9Evs.twitter
        
Como referência, os atuários ganham US$ 108 mil/ano; os funcionários subscritores em seguradoras, US$ 70 mil/ano; e os agentes, US$ 64 mil/ano. Todos esses três valores são acima do valor médio salarial pago naquele país, US$ 51 mil/ano.
 
Mesmo respeitando a realidade de cada país, esses números são boas referências para o Brasil.

Ver outros artigos de Comentários Econômicos