Economia do Seguro

Francisco Galiza

Francisco Galiza

Mestre em Economia (FGV); membro da ANSP (Academia Nacional de Seguros e Previdência); autor do livro “Economia e Seguro – Uma Introdução” (3ª edição); coordenador da Revisão do Dicionário da Funenseg, em 2011; professor do MBA-Seguro e Resseguro (FUNENSEG); sócio da empresa Rating de Seguros Consultoria (www.ratingdeseguros.com.br).

Em maio, ICES cai pelo 4o. mês seguido

Comentários Econômicos - 05/06/2014

Em maio, o ICES (Índice de Confiança e Expectativas das Seguradoras) continuou em queda, agora pelo 4º mês seguido. Nesse último mês, o fator mais atingido foi a expectativa com o faturamento futuro das empresas - que agora tende para a estabilidade, quando antes a expectativa era de otimismo.

Nos seus 19 meses de cálculo, esse é o menor valor registrado nesse indicador.

Ao Ao final de maio, pelo ajuste positivo no ICER (que, no mês passado, foi exageradamente pessimista), o valor do ICSS/FENACOR (Índice de Confiança do Setor de Seguros) foi de 86,3, com alta de 5,2% em relação ao mês anterior, mas ainda em queda com relação aos dados do início do ano.

Abaixo, na tabela, os resultados dos indicadores.

Indicador

fev/14

mar/14

abr/14

mai/14

ICES

100,9

97,8

94,3

92,3

ICER

82,8

82,0

63,7

80,5

ICGC

111,5

103,5

92,1

86,6

ICSS

97,7

94,0

82,1

86,3

Acesse a análise mais detalhada dos resultados.

Ver outros artigos de Comentários Econômicos