Andrea Ribeiro

Andrea Ribeiro
Conselheira do Sindseg SP e Diretora de Gestão de Riscos e Tecnologia da Informação da Seguradora Líder-DPVAT 

A importância do seguro social em um país como o Brasil

Os tipos de apoio oferecidos pelo seguro social podem ser bem diversificados, garantindo diferentes formas de proteção em variadas situações de risco
18/08/2017

Em pleno ano de 2017, a desigualdade social ainda é uma das principais características do Brasil. Quem cruza o país de Norte a Sul, de Leste a Oeste tem a oportunidade de conhecer vários “Brasis” e, neste cenário de realidades multifacetadas, é fundamental reduzir as diferenças, garantindo direitos iguais aos 210 milhões de brasileiros. O “seguro social” cumpre exatamente esta finalidade, pois oferece uma proteção aos cidadãos, amparando-os individualmente em situações de vulnerabilidade, minimizando o desequilíbrio socioeconômico.

O conceito “Seguro Social” é muito utilizado em diversos países, especialmente por aqueles que defendem um estado de bem-estar. Entretanto, cada País tem sua própria estrutura, legislação e mecanismo de financiamento em relação a este sistema de proteção.

Os tipos de apoio oferecidos pelo seguro social podem ser bem diversificados, garantindo diferentes formas de proteção em variadas situações de risco. Podem ter foco na cobertura de acidentes de trabalho e de trânsito; auxílio desemprego; e pensões por aposentadoria ou viuvez.

Muitas dessas proteções já são oferecidas, mas continuam desconhecidas por uma boa parcela dos brasileiros, que, em muitos casos, nunca ouviram falar sobre elas ou nem imaginam quem tem direito as mesmas. Geralmente, são essas pessoas as que mais precisam. Eis, então, o ponto central do desafio!

Em um país em que poucos tiram vantagem de muitos, é natural que qualquer benefício concedido seja visto com desconfiança. Para romper com essa triste dinâmica, o mercado segurador pode e deve estreitar laços com a população, oferecendo informações claras, didáticas e acessíveis para todos.

Difundir a cultura do seguro social é, portanto, a pedra fundamental do alicerce de toda uma rede que visa não apenas garantir uma gama de benefícios, mas o de oferecer mecanismos para que os beneficiários acessem seus direitos. O cidadão, por sua vez, tem de conhecer seus direitos e exigir o cumprimento dos mesmos.  A caminhada é longa e difícil, mas é recompensadora!